Perfil

ENEIDA SERRANO Porto Alegre

Graduou-se em Jornalismo, na UFRGS, em 1974 e iniciou sua carreira profissional no jornal Zero Hora. Nos anos seguintes, além de colocaborar para jornais nacionais, trabalhou na Cooperativa dos Jornalistas de Porto Alegre. Em 1978, abriu a agência Ponto de Vista, com mais três colegas, com os quais fez os livros independentes de fotografia SANTA SOJA e PONTO DE VISTA, Um Depoimento Fotográfico.

Eneida viveu no exterior, entre 1979 e 1981, e, no retorno a Porto Alegre, consolidou sua formação como repórter fotográfica, na década de 1980, trabalhando nas revistas Veja e Isto É, e também como colaboradora das revistas Marieclaire e Cláudia. Para essas revistas, fez muitas matérias especiais e internacionais. (Escandinávia, Cone Sul, Antártida, Japão, Ilhas Maldivas, África, Turquia e outras)

Fez várias exposições individuais, sendo que INTERIORES, em 2007, na galeria Bolsa de Arte, em Porto Alegre, recebeu Prêmio Açorianos de Melhor Exposição do ano. Outras individuais: Londres Por Telefone, Respeitável Circo!, Terra à Vista, Turquia, Japão - Impressões Visuais,

Participou de exposições coletivas no Brasil e no exterior.

Tem trabalhos nas coleções Pirelli/Masp, Itaú Cultural e no Museu do Trabalho de Porto Alegre.

Em 2001, concluiu pesquisa e publicou livro sobre LUNARA, fotógrafo pioneiro de Porto Alegre. Em junho de 2014, pesquisou a obra e co-dirigiu curta metragem sobre outro fotógrafo gaúcho, SIOMA Breitman. Esse documentário, Sioma, o Papel da Fotografia, recebeu diversas premiações, como prêmio Aquisição, da RBS e da TVE, no Festival de Cinema de Gramado, e também o prêmio de melhor documentário no Recine, concedido pelo Arquivo Nacional. Em setembro de 2015, foi nominado entre os cinco concorrentes a melhor curta documentário pela Academia Brasileira de Cinema. Sua exibição nacional foi adquirida pelo Canal Brasil.

Eneida dedica especial atenção ao nosso patrimônio histórico e documentou, para IPHAN e também para trabalhos pessoais, os sítios tombados das Missões e Antônio Prado, entre outros.

Tem usado, desde 2003, a câmera do telefone celular para desenvolver a maior parte de seu trabalho autoral. Veja algumas imagens em:

eneidaserrano@gmail.com
instagram.com/eneidaserrano
eneidaserrano.blogspot.com
facebook.com/eneida.serrano.18